Minha empresa pode disponibilizar remédios para os colaboradores?

Minha empresa pode disponibilizar remédios para os colaboradores?

A resposta é NÃO. Leia este artigo até o fim e você saberá o motivo.

É frequente encontrarmos em várias empresas a famosa “ CAIXINHA DE REMÉDIOS” com vários medicamentos de uso corriqueiro (Dipirona, Engov, Sal de Frutas Eno, Aspirina, AAS, Buscopan, Dorflex, Plasil, etc…) que são disponibilizados a todos os colaboradores. Esses, quando apresentam algum sintoma como dor de cabeça, dor nas costas, náuseas (muito comum às segundas-feiras) recorrem à “CAIXINHA DE REMÉDIOS”. A empresa com a nobre intenção de atender seu colaborador disponibiliza o medicamento gratuitamente pensando que está dando um “BENEFÍCIO” e até prestando um serviço social – ERRO GRAVE!

Imaginemos que esse colaborador com dor de cabeça – muito comum às segundas-feiras – esteja acometido por Dengue e tome um comprimido de Engov que contém ácido acetilsalicílico (contra-indicado em casos de Dengue) ou mesmo um Sal de Frutas Eno (contra-indicado para hipetensos) e venha a falecer ou ser acometido de uma doença mais grave do tipo AVC (Acidente Vascular Cerebral) – derrame. O responsável poderá sofrer consequências legais de acordo com o código penal que estabelece:

“Art. 282 – Exercer, ainda que a título gratuito, a profissão de

médico, dentista ou farmacêutico, sem autorização legal ou

excedendo-lhe os limites:

Pena – detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos.

Parágrafo único – Se o crime é praticado com o fim de lucro,

aplica-se também multa”.

“Art. 284 – Exercer o curandeirismo:

I – prescrevendo, ministrando ou aplicando, habitualmente,

qualquer substância;

II – usando gestos, palavras ou qualquer outro meio;

III – fazendo diagnósticos:

Pena – detenção, de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos.

Parágrafo único – Se o crime é praticado mediante

remuneração, o agente fica também sujeito à multa”.

Desta forma recomendamos que a empresa não disponibilize medicamentos aos colaboradores.

Tenho técnico de enfermagem na minha empresa. Ele pode dar remédio aos colaboradores?

A resposta é NÃO.
Segundo a lei n 7.498/86,de 25 de junho de 1986, o enfermeiro só poderá realizar a prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde. O técnico e auxiliar de enfermagem não poderão prescrever nenhum tipo de medicamento.

IMPORTANTE

A empresa deve possuir a CAIXA DE PRIMEIROS SOCORROS e teer pessoa treinada conforme estabelecido pelo item 7.5.1 da Norma Regulamentadora nº 7. A caixa de primeiros socorros não é uma caixa de remédios. Seu conteúdo será definido pelo médico do trabalho responsável pelo PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) da empresa.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

WhatsApp Widget