Variante Delta – Meios de transmissão

Variante Delta – Meios de transmissão

O aumento de casos da variante Delta do coronavírus no Brasil fez ressurgirem dúvidas e medos sobre os meios de transmissão.
Independentemente da cepa, o uso correto de máscaras, o distanciamento social e a vacinação ainda são as atitudes mais importantes em termos de prevenção.
O coronavírus podia permanecer em celulares, notas de dinheiro e peças de aço inoxidável por até 28 dias.

Sobrevive nos celulares?

No caso do celular, sabe-se que o aparelho não higienizado fica repleto de micro-organismos, mas a prioridade é lavar bem as mãos antes e depois de utilizá-lo.
Limpar o celular com álcool isopropílico, o mesmo que é indicado para lentes de óculos e máquinas fotográficas. Álcool 70 líquidos também dão bom resultado.

E as compras de supermercado?

Os itens que mais ficam expostos são aqueles encontrados nas prateleiras de mercados, apesar de o uso obrigatório de máscaras nesse ambiente reduzir significativamente o risco de transmissão.
Vale a pena salientar sobre a limpeza das mãos. Não adianta borrifar álcool nas embalagens e tocar o rosto na sequência, isso é muito mais arriscado.

Cuidados com a Ventilação

É importante manter os ambientes ventilados quando possível. Caso o local possua ar-condicionado, é importante assegurar que seu sistema esteja limpo.

Confira as fontes aqui e aqui.

 

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

WhatsApp Widget